Dicas

Sanitização

A sanitização é um dos principais aspectos para uma boa qualidade da cerveja e para consistência de lotes, mas é também um dos que as pessoas mais falham, muitas vezes sem saber. Problemas de sanitização podem trazer diversos off-flavours desde diacetil, até mercaptanos, que são descritos como aromas de bueiro (pouco agradável, né?). Trazem também problemas de atenuação, principalmente super atenuação, entre tantos outros.

Problemas comuns e bem conhecidos são os de acidificação e de notas acéticas na cerveja que geralmente ocorrem por contaminação por bactérias e/ou leveduras selvagens. Mas um problema de contaminação muito mais comum e muito menos comentado é o de contaminação cruzada de leveduras de diferentes lotes. Por exemplo, se você fez uma cerveja de trigo bávara, com por exemplo um WB-06. Se você não sanitizar bem seu balde, sua próxima cerveja pode ficar parecendo uma Weiss.

Para evitar estes problemas você deve lavar e sanitizar bem seus equipamentos. Apresentamos para vocês alguns ótimos produtos e vamos falar um pouco sobre cada um e a sua melhor forma de utilização.

1. Álcool 70: o sanitizante mais comum é o álcool 70.

  • Forma ideal de uso: primeiro, é importante ressaltar que o álcool tem que ser o 70, pois é a concentração ideal para sua ação bactericida, e sua ação ideal é sob fricção, isto é, espalhe uma boa quantidade de álcool em um perflex e esfregue muito bem a superfície que deve ser sanitizada. O ideal ainda é que a superfície tenha sido previamente lavada com água e detergente.
  • Contras: há lugares, como interiores de garrafas que é difícil acessar para um fricção ideal.

2. PAC 200: uma forma em pó de ácido peracético.

  • Para diluição, uso 1g de pó por litro de água. Para facilitar a diluição, esquente a água por volta de 45º e mexa bem. Quando não tiver mais pó em suspensão, a solução está pronta para uso.
    Forma ideal de uso: por contato, deixar o recipiente a ser sanitizado imerso na solução com peracético por pelo menos 20 minutos.
  • Deixe escorrer bem o líquido, mas não enxague com mais nada, pois poderá recontaminar.
  • A solução de água + PAC 200 dura 24h.

3. Hortoxy 150: é uma solução líquida de ácido peracético 15%. Ela possibilita diluirmos o ácido numa solução de concentração maior que o em pó, sendo assim mais eficiente que o PAC, porém é de manejo delicado, que requer alguns cuidados.

  • A diluição ideal é de 2ml por litro de água. Sugerimos fortemente o uso de seringa e luvas para trabalhar com o frasco de peracético concentrado, pois, se cair na pele, embora não cause problemas, deixa manchas (o local deve ser lavado com água). Além disso o cheiro é muito forte, devendo ser mantido longe do rosto.
    Após a diluição, os problemas acima não vão mais ocorrer e o uso é da mesma forma que o em pó.
  • A solução de água + peracético dura até 7 dias.

Para ajudar no cuidado e na dosagem do Ácido Peracético líquido o Beco vende seringas de 10ml e 20ml, com isto você diminui o risco de contato com a pele e consegue uma dosagem mais precisa.

Todos os produtos citados aqui podem ser encontrados no Beco do Malte!

Venha para o Beco do Malte e encontre produtos para fazer sua cerveja e fazer cada vez melhor!

1 thought on “Sanitização”

  1. Só uso álcool 70 feito a partir de álcool de cereal 94, todo álcool tem aquela substância pra dar gosto desagradável, sempre vejo gente reclamando de gosto de hospital na cerveja, acham que é cloro mas os que eu vi comentarem todos usam alcool 70

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *